Entre em contato conosco
(11) 2928-4923
0Item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.
Anterior

Movimentos Modernistas No Brasil — 1922-1928

Anterior

O Ideal do Crítico

Lukács, Proust e Kafka: Literatura e Sociedade No Sec. Xx

Descrição Rápida

Código: 9788520007136
Editora: RECORD
Autores: Coutinho, Carlos Nelson
Edição: 1

Detalhes

Um dos Mais Importantes Pensadores Políticos do País E, Também, O Inspirador de Uma Espécie de Escola Gramsciana Brasileira, Carlos Nelson Coutinho Manteve, Entre 1961 e 1970, Uma Correspondência Com O Húngaro Lukács, Então Considerado Por Muitos O Maior Marxista Vivo. Algumas das Cartas Tratavam da Obra de Kafka, Um dos Escritores Mais Analisados e Debatidos Na Época. Relendo Os Textos, Carlos Nelson Resolveu Resgatar Dois de Seus Ensaios: Um Sobre O Tcheco e Outro, Ainda Inédito, Sobre Proust. Obras Fundamentais para O Entendimento das Transformações Sócio, Política e Culturais do Século Xx. O Resultado Está Em Lukács, Proust e Kafka — Literatura e Sociedade No Século Xx, que Propõe Uma Nova Leitura Lukacsiana de Proust e Kafka. “Meus Ensaios Têm Precisamente a Intenção de Propor Uma Análise das Obras de Proust e de Kafka À Luz da Metodologia Estético-Filosófica de Lukács, Ainda que Freqüentemente — Sobretudo No Caso de Kafka — Em Aberta Divergência Com a Avaliação Substancialmente Negativa que O Pensador Húngaro Fez Destes Dois Notáveis Narradores”, Explica Carlos Nelson Coutinho.

Informação Adicional

Descrição Resumida Lukács, Proust e Kafka: Literatura e Sociedade No Sec. Xx
ISBN13 9788520007136
ISBN10 Não
Edição 1
Autores Coutinho, Carlos Nelson
Total de Páginas 256
Peso sem embalagem 0.325
Formato do Produto 14x21x1,4
Volume Não
Faixa Etária Não
Acabamento Brochura
Ano Edição 2005
Idioma Português
Origem Brasil
Selo Civilização Brasileira
Tamanho da Letra Não
Tradução Não
Prazo de Disponibilização 4

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

  1. Seja o primeiro a avaliar este produto

Queremos saber sua opinião